Curso de regência de coro adulto com Mara Campos e Lúcia Passos (Brasil)

34º Oficina de Música de Curitiba - janeiro/2016.

Mara Campos é regente coral desde 1978, formando e dirigindo inúmeros conjuntos, como: CORALUSP, Coral da Aliança Francesa, Coral da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Coral do Portal, Grupo Som-A-Pino, Coral Paulistano do Theatro Municipal de São Paulo e os Corais Infantil e Juvenil da Escola Municipal de Música. Mara Campos recebeu orientação de Adriana Ribeiro e Maria Luiza Carvalho, Benito Juarez, Hugg Ross, Henrique Gregori, J. E. Gardiner, Beth Pinheiro, Osvaldo Lacerda e Damiano Cozzella, além dos cantores Lucia Passos e Fernando Carvalhaes. Integrou o Projeto Villa-Lobos de Canto Coral – INM/FUNARTE e foi professora de Regência e Canto Coral em 20 edições da Oficina de Música de Curitiba. Regente convidada dos coros ingleses BBC Singers, New College e The Sixteen, do conjunto Vox Brasiliensis, da instalação coral Concerto Concreto da Bienal “A Trama do Gosto” e da gravação do CD Villa-Lobos, em Paris (França), respondeu pela criação e direção musical dos espetáculos ZAP – O Resumo da Ópera e Coro dos Contrários – 22. Mara Campos criou e coordenou os Festivais de Coros da Aliança Francesa, Igreja São Francisco, Grupo Pão de Açúcar e o Encontro de Coros Camargo Guarnieri do Festival do Theatro Municipal de São Paulo. Integra o Projeto Canto em Movimento junto a escolas de ensino fundamental do SESI em São Paulo, e é professora de regência e canto coral da Faculdade de Música Cantareira e da FITO – Conservatório Villa-Lobos. Mara Campos é Diretora Musical e Regente do Coro da Camerata Antiqua de Curitiba.

Lúcia Passos, mineira radicada no Rio Grande do Sul, trabalha como professora de técnica vocal para coro, paralelamente às atividades de cantora e professora de Canto. Foi professora de Técnica Vocal do Coral Unisinos – Universidade do Vale do Rio dos Sinos (RS) por 26 anos e coordenadora cultural da mesma universidade, durante cinco anos. Ministrou cursos por todo o Brasil, por meio da Funarte, incentivando o desenvolvimento do canto coral, bem como a formação de novos orientadores vocais. Foi solista da Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra de Câmara da OSPA e Orquestra de Câmara Theatro São Pedro, entre outras.

O curso introduziu elementos da técnica, teoria e prática ligados à formação dos regentes. Foram abordados aspectos como a escolha e análise de repertório, interpretação, organização dos ensaios e técnicas de regência, buscando proporcionar ao aluno uma visão do processo de formação do regente de coro, para que este possa direcionar e adequar o seu próprio processo de aprendizagem musical.

Fonte texto: http://www.oficinademusica.org.br/
Fotos: Gilson Camargo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s