“O Universo da Guitarra Amazônica” com Felipe Cordeiro e Manoel Cordeiro

Curso de caráter teórico-prático focado na diversidade rítmica do norte, assim como suas influências do caribe (carimbó, boi bumbá, merengue, cacicó, zouk, cumbia, etc), adaptando-a para a guitarra e o violão brasileiro.

34º Oficina de Música de Curitiba - janeiro/2016.

Felipe Cordeiro é conhecido por fazer uma narrativa musical que funde a tropicalidade latino americana e a música pop brasileira, assinando um estilo particular, no qual se conectam guitarra, beats e letras de canções. Quem ouviu, confirma: é quase impossível ficar parado ao som embalante do músico paraense. Felipe é um dos principais nomes da cena contemporânea do país com um público crescente Brasil afora. A sonoridade com vigor ritmico, definida como Pop Tropical, traz referências do rock, jovem guarda, guitarrada, vanguarda paulista, carimbó, cumbia e música digital.

Os dois álbuns lançados, o Kitsch Pop Cult (2012), produzido por André Abujamra e Se Apaixone Pela Loucura do Seu Amor (2013), dirigido por Kassin e Carlos Eduardo Miranda, foram bastante elogiados pela crítica. Com o ex-titã Arnaldo Antunes compôs “Ela É Tarja Preta”, já a lambadeira “Problema Seu” foi eleita pela revista Rolling Stone Brasil a melhor canção de 2013 e sempre é cantada em coro nos shows. Também em 2013 realizou turnê na Europa, encerrando com uma apresentação no tradicional Festival de Roskilde, na Dinamarca. Recentemente gravou a música “Virou”, feita em parceria com Tulipa Ruiz e está no novo álbum da cantora, o Dancê.

34º Oficina de Música de Curitiba - janeiro/2016.

Manoel Cordeiro nasceu em Ponta de Pedras na Ilha do Marajó (PA) em 1955. Atuou intensamente como produtor musical e arranjador na Amazônia e no nordeste brasileiro em centenas de discos entre 1979 e 1996. Foi músico fundamental na consolidação das sonoridades de música popular nas regiões norte e nordeste, pioneiro em ritmos como a lambada e o brega gravando artistas como Banda Carrapicho (AM), Beto Barbosa (PA), Alípio Martins (PA), José Orlando (CE), Magno (CE), Eliane (CE), Beto Douglas (MA), Frankito Lopes (PA), Banda Warilou (PA), Grupo Pilão (AP) entre outros. Atualmente integra a banda do seu filho Felipe Cordeiro e faz shows por todo Brasil. Como compositor, tem parcerias com Fernando Mendes, Felipe Cordeiro, Arnaldo Antunes, Vital Lima e Zeca Baleiro. Montou em 2013 junto dos produtores Kassin e Liminha, além de Felipe Cordeiro e Stéphane San Juan, a Banda Desumanos, que se já se apresentou no Festival Se Rasgum PA (Belém – 2013) e Rec Beat (Recife – 2014) O projeto instrumental “Sonora Amazônia” é o primeiro solo de Manoel Cordeiro, focando nas vertentes musicais dançantes da Amazônia, retoma o universo tradicional, tanto quanto aponta pros caminhos contemporâneos da música tropical.

Fonte texto: http://www.oficinademusica.org.br/
Fotos: Gilson Camargo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s