Quarteto Carlos Gomes e convidados – Teatro Guaíra

_DSC4373

Depois de se apresentar no concerto de abertura da 34ª Oficina de Música com a Camerata Antiqua de Curitiba e realizar um recital solo no Teatro do Paiol, Antonio Meneses, reconhecido internacionalmente como um dos maiores violoncelistas do mundo, voltou aos palcos do festival como convidado do Quarteto Carlos Gomes no concerto de quarta-feira (13/1), no Teatro Guaíra. Além de Meneses, também tocaram com o grupo o violista italiano Bruno Giuranna e a jovem pianista japonesa Momoka Yano.

_DSC4370

Composto por quatro dos mais importantes músicos do cenário nacional, o Quarteto Carlos Gomes realiza um constante trabalho de pesquisa junto a bibliotecas e museus sobre material nunca gravado e muitas vezes nunca executado. O quarteto dedica-se geralmente ao repertório contemporâneo da música brasileira e latino-americana, mas para este concerto escolheu duas peças clássicas – o Quinteto Op. 81 em Lá maior para piano e cordas, de Antonin Dvorak, e o Sexteto de cordas nº 1 em Si bemol maior, de Johannes Brahms.

_DSC4377

O quarteto é formado por Cláudio Cruz, spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, regente da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e vencedor do prêmio Grammy Awards; Adonhiran Reis, spalla da Orquestra Sinfônica da UFRJ, professor do Conservatório Brasileiro de Música e ex-spalla da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto; Gabriel Marin, violista da Orquestra Sinfônica da USP e por muitos anos primeira viola da Orquestra Sinfônica Brasileira; e Alceu Reis, que como primeiro violoncelo liderou as orquestras do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Orquestra Sinfônica Brasileira, e também foi vencedor do prêmio Grammy Awards.

_DSC4434

Antônio Meneses apresenta-se regularmente com as mais importantes orquestras do mundo como a Filarmônica de Berlim, a Sinfônica de Londres, a Sinfônica da BBC, a Filarmônica de Moscou, a Filarmônica de Nova York, a Sinfônica NHK de Tóquio, entre outras. Além de sua agenda de concertos, o músico orienta cursos de aperfeiçoamento na Europa, nas Américas e no Japão. Desde 2007 é professor titular de violoncelo no Conservatório de Berna, Suíça.

_DSC4401

A pianista Momoka Yano tem apenas 24 anos e iniciou seus estudos de piano aos cinco. Atualmente estuda na Universidade de Artes na cidade de Kioto, com o professor brasileiro radicado no Japão Cláudio Soares. Entre obras importantes executadas por Momoka estão a Sonata para violino e piano nº 3 de Johannes Brahms e o Trio de piano nº 1 de Schumann, com o violinista Cláudio Cruz, que é coordenador de música erudita da 34ª Oficina e a convidou para participar do festival curitibano.

_DSC4409

Fonte texto: http://www.oficinademusica.org.br/
Fotos: Gilson Camargo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s